Luísa Abreu
X
28/6/2018

25/7/2018
21:30
Exposição
Image

A letra “X” assumiu enquanto símbolo diferentes significados ao longo da história e tem a capacidade de ser simultaneamente ambígua e incisiva. Desde significar uma parte incerta no território, a letra “X” esteve sempre associada ao desconhecido, sendo mais utilizada para a marcação de um erro. Por exemplo, em 1637 René Descartes publicou “La Geometrie” onde associava as letras a, b e c às constantes e as letras x, y e z às variáveis desconhecidas. Outro exemplo poderá ser a marcação de um “X” como assinatura por aquele que não sabe escrever, significando tanto individualidade como anonimato. Geração X foi assim apelidada por Robert Capa à geração nascida no pós-Segunda Guerra Mundial por se tratar de uma geração que iria enfrentar o incerto. Malcom Little muda em 1952 o seu nome para Malcom X, simbolizando a sua verdadeira família africana que jamais poderia encontrar. Hoje a letra “X” encontrou outros significados, como o factor X, que assume novas conotações como a jovialidade, a independência, a atração, o perigo e a excitação.

*assunto no Design Observer sobre o Face Forward International Typography Conference.

Ciclo > A Política das Imagens
Curadoria de: João Baeta

Image

Saco Azul, Maus Hábitos,

Rua Passos Manuel 178

4º andar

4000-382 Porto


Produção Artística

sacoazul@maushabitos.com

danielpires@maushabitos.com

Image

powered by

Image
Image