José Maçãs de Carvalho
Archive Drafts / Estudos de Arquivo
6/9/2018

10/10/2018
21:30
Exposição
Image

Para além, de toda a produção que tenho realizado, desde 2010, em torno da ideia de arquivo, subsiste um projeto paralelo chamado Estudo de Arquivo e que usa imagens do meu arquivo fotográfico e textos​ usados numa investigação académica sobre essa matéria. Estas imagens têm uma configuração experimental e errante: podem instalar a dúvida sobre a sua condição artística, para além de se constituírem como ensaios que transportam esse trânsito entre o visível e o dizível.
Neste conjunto aplico a todas as fotografias um sistema de indexação arquivístico a partir de palavras e textos fixados nessa investigação académica, em torno dos conceitos de arquivo, memória, fotografia, imagem, etc. Muitas das citações servem agora para substituir o número que, usualmente, é usado no arquivo digital de imagens e que antecede a sigla de compressão da imagem.

Esta indexação é intencionalmente omissa do contexto, do lugar e do tempo que, habitualmente, acompanham as fotografia nos arquivos, nos álbuns, até mesmo nas pastas informáticas, e fazem eco do “Bilder Atlas” de Aby Warburg (1866-1929) e da sua “lei-da-boa-vizinhança”.

José Maçãs de Carvalho, Coimbra, 2018


Bio:
Doutoramento em Arte Contemporânea - Colégio das Artes da Universidade de Coimbra, em 2014; estudou Literatura nos anos 80 na Universidade de Coimbra e Gestão de Artes nos anos 90, em Macau onde trabalhou e viveu; Professor no Dep. de Arquitetura e no Colégio das Artes (Subdiretor) da Universidade de Coimbra. Entre 2011 e 2017 realizou várias exposições individuais em torno do tema da sua tese de doutoramento (arquivo e memória): no CAV, Coimbra; Ateliers Concorde, Lisboa e Colégio das Artes, Coimbra; Galeria VPF, Lisboa; Arquivo Municipal de Fotografia, Lisboa, Bienal de Fotografia de VF de Xira, Museu do Chiado e MAAT, Lisboa. Publicou o livro “Unpacking: a desire for the archive” pela Stolen Books, em 2014. Em 2015 foi publicado um livro de fotografias suas, “Partir por todos os dias”, na Editora Amieira. Já em 2016 participa no livro “Asprela”, fotografia sobre o campus universitário do Porto, editado pela Scopio Editions e Esmae/IPP. Em 2017 publica o livro “Arquivo e Intervalo”, edição Stolen Books/Colégio das Artes-Universidade de Coimbra e MAAT, com colaborações de Pedro Pousada, José Bragança de Miranda, Adelaide Ginga e Ana Rito.

Image

Saco Azul, Maus Hábitos,

Rua Passos Manuel 178

4º andar

4000-382 Porto


Produção Artística

sacoazul@maushabitos.com

danielpires@maushabitos.com

Image

powered by

Image
Image