Mãe Paulo
...que eu também não adoeça de Brasil!
2/7/2020

29/7/2020
19:00
Exposição

...que eu também não adoeça de Brasil! | Mãe Paulo

Ciclo "Poético ou Político?" com curadoria de João Baeta


“…que eu também não adoeça de Brasil!”, do artista transdisciplinar Mãe Paulo é uma espécie de colagem elaborada a partir de imagens e textos de autorias aleatórias encontrados em redes sociais, os quais abordam momentos tenebrosos da recente história do Brasil: o dia em a maior floresta tropical do mundo teve diversos pontos queimados e o dia em que o ex-secretário de cultura fez um pronunciamento público sem disfarçar o seu cariz nazi-fascista. Claramente, notamos que a pesquisa antropológica e sociopolítica são disciplinas que fazem parte do processo criativo do artista na elaboração de uma proposição visual, onde a política e a poética são impensáveis de modo independente.


Tales Frey


//


Mãe Paulo


Vive e trabalha entre Portugal e Brasil. É artista e curador independente, membro fundador da Cia. Excessos e da eRevista Performatus, e organizador e diretor da Mostra Performatus. Atualmente, é mestrando em Artes Plásticas com percurso em Escultura na Faculdade de Belas Artes da Universidade do Porto em Portugal. Também, nessa mesma faculdade, fez uma especialização em Práticas Artísticas Contemporâneas e, na Faculdade de Letras dessa mesma universidade, licenciou-se em História da Arte. Tem integrado exposições coletivas nacionais e internacionais, e algumas de suas obras integram permanentemente o acervo de alguns museus, como o do Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro (Rio de Janeiro, RJ, Brasil), o do Museu de Arte Contemporânea de Niterói (Niterói, RJ, Brasil) e o da Fundação Memorial da América Latina (São Paulo, SP, Brasil). Participou das seguintes residências artísticas: Programa de Residências Despina (Rio de Janeiro, RJ, Brasil, 2019); Fjúk Arts Centre (Húsavík, Islândia, 2015-16); e Casa do Sol – Instituto Hilda Hilst (Campinas, SP, Brasil, 2014).




PROGRAMAÇÃO PARALELA
Exibição de documentário, 01 de julho

Shortcutz Porto #255 apresenta "Menino 23"


"Menino 23: Infâncias Perdidas no Brasil"

Realizador: Belisário Franca

Brasil, 2016, Doc., 79′, Cor, M/Livre

Parceria: Shortcutz Porto


A partir da descoberta de tijolos marcados com suásticas nazistas numa fazenda no interior de  São Paulo, o filme acompanha a investigação do historiador Sidney Aguilar e a descoberta de um fato assustador: durante os anos 1930, cinquenta meninos negros e mulatos foram levados de um orfanato no Rio de Janeiro para a fazenda onde os tijolos foram encontrados...


Ficha Técnica

Poético ou Político?

Curadoria: João Baeta

Produção e Comunicação: Mariana Vitale

Assistência de Produção e Comunicação: Catarina Rangel Pereira

Assessoria de Imprensa e Comunicação: Diana Reis

Impressão: Lumen



Image

Projeto:

Mupi Gallery

Press

Saco Azul, Maus Hábitos,

Rua Passos Manuel 178

4º andar

4000-382 Porto


Produção Artística

sacoazul@maushabitos.com

danielpires@maushabitos.com

Image

powered by

Image
Image