FEMME Sessions #33 | Porto Femme Synchronization
30/9/2020

30/9/2020
21:00
Sessão de cinema

Setembro é um mês especial. Neste mês, as quartas são de Cinema à Mesa, com PORTO FEMME SYNCRHONIZATION.


Este evento pretende ser um pré-festival, preparando a cidade para a 3ª edição do PORTO FEMME INTERNATIONAL FILM FESTIVAL que acontece de 6 a 10 de Outubro. 

Nas quatro sessões, que acontecerão dia 2, 16, 23 e 30 de Setembro às 21h00, apresentamos filmes que estiveram em competição desde a primeira edição e que regressam pela primeira vez desde que foram exibidos no festival, à sala do Maus Hábitos. 


Programação

LITORAL OESTE. 9

Portugal | 09:34 | 2020 

Realização: Susana Ramalho Marques

Sinopse

Litoral Oeste, 9 é uma casa, a nossa. Num dos inícios de ano mais bizarros de que há memória, foi habitada como nunca ao longo de uma Primavera inteira. Um retrato de um tempo de confinamento, que acaba por integrar as três personagens que dele fizeram parte. Em primeiro plano, a mãe. A espaços, o Zorro. Litoral Oeste, 9 é uma carta de amor, sob a forma de um plano subjectivo da terceira personagem, a realizadora. 


MEMORIAS DO FUTURO

Portugal | 06:52 | 2020 

Realização: Ana Carvalho

Sinopse 

"I will have spent my life trying to understand the function of remembering, which is not the opposite of forgetting, but rather its lining. We do not remember. We rewrite memory much as history is rewritten." - Sans Soleil (1983), de Chris Marker

“Memórias do futuro” (2020) é uma peça de videoart alusiva aos tempos pandêmicos que correm. Utilizando stock-footage antiga, é criada uma peça sobre os tempos atuais com conteúdo visual que não está relacionado com a atualidade . A audiência assimila o conteúdo antigo, que não foi filmados nos tempos de pandemia, com o presente que vivemos, pois essas mesmas imagem aludem à realidade distopia atual. As memórias são de outros tempos mas para a audiência são as futuras memórias que vamos ter desta trágica época. “Memórias do futuro” é um exercício audiovisual sobre a criação de uma memória que ainda não existe. 


NOTHING CAN STOP US FROM LOVING

França, Georgia, Russia, Alemanha | 01:00 | 2020

Realização: Yang ge

Sinopse

nada nos pode parar de amar


OS ASQUEROSOS

Portugal | 8:40 | 2020

Realização: Teresa Santos

Sinopse

Os asquerosos é um pequeno ensaio não verbal sobre solidão. Curta inspirada no livro Los asquerosos de Santiago Lorenzo: “Por la noche, según me contó al día siguiente, clavó su destornillador en la tierra de la parra. Lo regó, no supo para qué. "Tanta gloria lleves como paz has traído", dijo al aire, y cenó dos peras en vez de una a modo de homenaje y despedida.”


ONE FOR THE SORROW

Alemanha | 00:41’ | 2020

Realização: Anna Benner

Sinopse 

Observando os pássaros da minha janela enquanto o mundo está em pausa e uma canção infantil que balança como as mudanças de humor que o mundo em crise nos traz.

Nas primeiras semanas (meses? Quem sabe? Tempo não é mais um conceito que reconhecemos) da quarentena, tive muita dificuldade para me concentrar em qualquer coisa criativa. A única coisa que pude fazer foi desenhar esses pegas em um estúdio temporário na minha cozinha, que se tornou uma espécie de meditação ou ritual: Se eu desenhar quadros suficientes hoje, talvez tudo fique bem.


STOMACH FLIES

Brasil, Portugal | 01:00 | 2020

Realização: Cybelle Mendes

Sinopse 

Filme experimental que mistura técnicas de rotoscopia com animação digital.

A abstracção de movimentos de braços e mãos no confinamento - dentro do frame.

O artificial e a inexactidão da vida humana em isolamento. Tem alguma coisa na escuridão.



VOU FICAR NESTE QUADRADO

Portugal | 03:16 | 2020

Realização: Joana Caiano  

Sinopse 

Devido ao período de Quarentena as duas irmãs, Ana Lua Caiano, cantora e compositora, e Joana Caiano, realizadora e editora de vídeo, viram-se juntas na mesma casa e começaram a produzir o video 'Vou ficar neste quadrado'.



PASSANDO PALAVRAS POR ÁGUA

Portugal | 02:43 | 2020

Realização: Teresa da silva

Sinopse 

Entre pensamentos e omissões propaga-se o ato de calar. E as omissões instalam-se e alastram-se. A água que tantas vezes limpa e apazigua reflete, à superfície, os rostos de quem se aproxima. Neste espaço de intimidade, onde os lábios tocam a água, as palavras mudas podem agora ser proferidas com ânimo, em género de onomatopeias, o que a distância e resguarda da apreciação alheia. Neste lugar de metamorfose os segredos podem flutuar livremente que ninguém os saberá ouvir.

Serão estapafúrdios estes diálogos onomatopeicos? Poderá esta metamorfose das palavras conferir uma nova linguagem ao gesto, tão carregado da semântica do discurso oral? Poderia a oralidade tornar-se mais ágil e fluída se fosse pontuada, aqui e ali, por articulações de palavras desconhecidas, ou por palavras conhecidas que gerassem frases sem sentido? Se pudéssemos passar as palavras por água poderiam estas voltar mais lúcidas e claras? Poder-se-iam articular com outras igualmente ressurgidas da água e juntas estreitarem o espaço que, tantas vezes, as separa do indivíduo? Nesta ação metafórica poderão as emoções experimentar outras possibilidades de expressão?


THERE’S NO PLACE BESIDE HOME

Brasil, Portugal | 04:15 | 2020

Realização: Inês Oliveira

Sinopse 

Em 2020, a Dorothy está de quarentena. 

O isolamento torna-se obsessivo, forçando-a uma repetição de movimentos e tiques constantes, que pela sua natureza cíclica, se transformam numa tentativa de retornar à Cidade de Oz - como um chamamento.


CONTATO CONTÁGIO

Brasil | 01:02 | 2020

Realização: Mariana Martins

Sinopse 

Contato sem tato porque com tato pode ser contágio.


PONTAS DE VERONIKA

Brasill | 06:15 | 2020

Realização: Karen Furbino

Sinopse 

A mecânica quântica explica que o macrocosmo teria surgido a partir do nada, ao mesmo tempo em que se pensou ter apresentado uma concepção para a existência do Universo, revelou-se um número infinito de pontas soltas. Numa fresta dessa teoria, as esferas manifestadas correlacionam e compartilham os efeitos sociais e políticos. Em qual dos universos você está?


LINHA TÉNUE

Portugal | 04:11 | 2020

Realização: Izabelle Monteiro

Sinopse 

O percurso da vida faz-nos chegar a tantos lugares, inexistentes e invisíveis, saborosos e amargos, monótonos e estranhos.  A “linha ténue” no simples ato de ir e vir possibilita uma troca física e emocional com a fronteira. A subida torna-se o objeto de superação, pois é preciso alcançar os obstáculos para enxergar de outro jeito e possuir um novo ponto de vista. Afinal, sempre quando caminhamos, encontramos obstáculos por esse caminho.  Creio que a vida tem disso, uma coragem que emana em cada célula, assim como o vento, o céu, a terra, a pedra e o mar. No subir e descer da vida habitamos a linha ténue. Peço que também faça com que o desafio seja amante da fronteira, pois gostaria de convidar-te para vir comigo. 

 

LOOKING FOR PEACOCKS

Portugal | 03:45 | 2020

Realização: Joanna Correia

Sinopse 

Durante o período de confinamento, com a necessidade de sair dos 49m2 do meu apartamento em Lisboa, saí pela primeira vez para caminhar e esbarrei com uma calma que nunca tinha conhecido antes. As ruas estavam desertas, ouvia apenas um barulho peculiar e constante - pavões.

Este filme retrata a procura da fonte deste som. Em contraponto, as imagens desta viagem são acompanhadas do ruído que vem da nossa cabeça.

O resultado deste filme pode cruzar várias histórias, pensamentos e inquietações, assim como ele próprio foi feito.


C O R R E D O R

Portugal | 06:52 | 2020

Realização: Dally Schwart

Sinopse 

Uma paisagem corredor, um sitio para estar ou de passagem.


5 FILMES DE CRISTINA NADAL - AGAIN - EXPONENTIAL CHAOS - GLITTER GUTTER - HOME CONFINEMENT - THE FLUCTUATING NATURE OF CURRENT CIRCUMSTANCES. 

Espanha | 3’40’’ | 2020

Realização: Cristina Nadal

Sinopses

'The Fluctuating Nature of the Current Circumstances'

Uma metáfora visual da quarentena filmada durante o meu confinamento em Espanha.

 

'Glitter Gutter'

Uma criação da quarentena que cruza o país, que fiz com a poeta Fausta Joly. Um filme que entra na batida de uma barra de purpurina, uma cineasta, uma poetisa, uma lente um ecrã, consegues vê-los a brilhar?

 

'Exponential Chaos'

Um comentário subjetivo do caos exponencial da pandemia global, o objetivo principal era condensar as emoções e ações da quarentena em fotogramas únicos, para mais uma vez ecoar a narrativa de um mundo e um corpo em crise.

 

'Home Confinement'

Um auto-retrato que montei em solidariedade com as pessoas forçadas a isolação quando a quarentena começou em Itália e em Espanha, um estudo sobre o tédio e o desconforto em tempos de quarentena. 

 

'Again'

Um filme inspirado no meu último relacionamento, dois anos conturbados entre términos e recomeços. Música e palavras de Tenesha The Wordsmith

Press

Saco Azul, Maus Hábitos,

Rua Passos Manuel 178

4º andar

4000-382 Porto


Produção Artística

sacoazul@maushabitos.com

danielpires@maushabitos.com

Image

powered by

Image
Image