Arte Robótica
Leonel Moura
15/1/2022

5/3/2022
20:30
Exposição

Arte Robótica

artista: Leonel Moura 

Abertura: 15.01 (SAB), 20h30 

Patente até: 05.03

Teatro de Vila Real

 

[Entrada Livre]

 

Sinopse: 

A exposição apresenta um conjunto de obras de base digital realizadas nos últimos 20 anos, com destaque para a robótica e a Inteligência Artificial.

Trata-se de uma obra pioneira a nível mundial, que antecipou o uso crescente das máquinas e dos algoritmos na criação artística e cultural. Com a criação dos primeiros robots pintores autónomos em 2001, Leonel Moura propõe um novo tipo de arte assente na capacidade criativa de máquinas com crescente autonomia face ao artista que as constrói e desencadeia o processo. Daí que o autor fale de uma arte não-humana ou, para lá do humano.

Para além das pinturas e da performance robótica, a exposição inclui ainda uma instalação sonora.

 

BIO: 

Leonel Moura é um artista pioneiro na aplicação da robótica e da inteligência artificial na arte.

Em 2001, criou o primeiro braço robótico capaz de gerar pinturas originais operadas por um "algoritmo de formiga". Em 2003, um enxame de ‘Robots Pintores’ foi capaz de produzir obras de arte com base em regras simples e comportamento emergente. Desde então, tem produzido diversos artbots, cada vez mais autónomos e sofisticados. RAP (Robotic Action Painter), 2006, criado para uma exposição permanente no American Museum of Natural History de Nova Yorque, é capaz de gerar obras de arte altamente criativas e únicas, decidir quando a obra está pronta e assiná-la com uma assinatura distinta.

ISU (The Poet Robot), 2006, cria poemas e pinturas com letras e palavras.

Em 2007 abriu o Robotarium, o primeiro zoológico dedicado a robots e vida artificial.

Outras obras incluem esculturas 3D, instalações interativas, realidade aumentada, arte generativa, arte espacial e teatro com a peça R.U.R. de Karel Capek estreada em São Paulo em 2010 com 3 robots atuando ao lado de 3 atores humanos.

Com o projeto “Bebot”, um enxame de robots capaz de criar obras de arte únicas, participou nas mostras “Artistes & Robots”, Expo Astana (2017), Cazaquistão, Grand Palais, Paris (2018) e “Brain”, Fundação Gulbenkian, Lisboa (2019).

O recém-criado enxame de robots, cunhado NEO, foi apresentado no Museu UCCA em 2020, em Pequim, na exposição “Imaterial / Rematerial. Uma breve história da arte da computação”.

Atualmente tem uma instalação de 17 esculturas de Realidade Aumentada em São Paulo.

Leonel Moura promove um novo tipo de arte baseada na criatividade da máquina.

Em 2009 foi nomeado Embaixador Europeu para a Criatividade e Inovação pela Comissão Europeia.

 

Ficha Técnica

Artista: Leonel Moura

Programação, Produção e Gestão: Mariana Vitale

Gestão de Conteúdos Digitais e Comunicação: Filipe Confraria, Mariana Vitale e Rodrigo Rosas

Assessoria de Imprensa: Filipe Confraria

Design: Studio Dobra

Montagem: Hernani Miranda

Estágio em produção e comunicação: Jéssica Roque

Fotografia: Carlos Sousa

Limpeza: Manuela Pinto

Organização e Direção Artística: Saco Azul & Maus Hábitos

Parceria: Teatro de Vila Real 


Press

Saco Azul, Maus Hábitos,

Rua Passos Manuel 178

4º andar

4000-382 Porto


Produção Artística

marianavitale@maushabitos.com

danielpires@maushabitos.com

Assessoria de Imprensa

imprensa@maushabitos.com


Image

powered by

Image
Image