Com Licença - Inês Brites
Curadoria de Benedita Pestana
9/22/2022

10/22/2022
18:00
Exposição

Com licença

Curadoria: Benedita Pestana

artista: Inês Brites

Abertura: 22.09.22 (QUI), a partir das 18h

Patente até: 18.10.22

 

[Entrada Livre]

 

Sobre O Armário

O Armário é um corpo e um objeto, um dispositivo expositivo que tem vindo a fazer carreira ali à direita de quem sobe a Calçada da Estrela, numa sala da escola Arte Ilimitada (entretanto encerrada). Sempre com a curadoria de Benedita Pestana, nos últimos oito anos este móvel foi palco (e por vezes o corpo) de mais de 40 intervenções   por artistas de todas as predileções. Convocando sem pudor a La Boîte-en-valise de Marcel Duchamp ou a Galerie Légitime de Robert Filliou, o Armário compõe-se e decompõe-se nas mãos dos artistas que aceitam o desafio de criar um trabalho para esta montra.

O Armário teve a sua primeira edição em Abril de 2014, numa lógica de continuidade com o projeto que foi o seu antecessor, A Montra (o espaço expositivo era uma montra no edifício da Arte Ilimitada, virada para a Calçada da Estrela). tornou-se num espaço de referência no meio artístico, sobretudo em Lisboa. Ainda assim, «O Armário» apresenta-se sempre ao artistas como aquilo que é realmente: um móvel em madeira, contando 2 metros de altura, 1,18 de largura e 0,35 de profundidade; constituído por duas portas em vidro, três prateleiras amovíveis e duas gavetas com puxadores em latão. Assente na lógica do site-specific, o projeto convida artistas para desenvolverem uma obra adaptada  às suas circunstâncias e morfologia. As obras podem fechar-se atrás das portas de vidro do Armário, ou estenderem-se para o espaço exterior na sala onde ele se encontra. Ao artista dá-se livre arbítrio e a condição de não danificar o objeto.

Em 2022 e 2023, o Armário faz-se móvel, aventura-se fora de portas e assume inteiramente a sua natureza móvel num périplo que teve início em Coimbra, no átrio do Colégio das Artes, onde apresentou durante o mês de Maio uma instalação da escritora, artista e ativista Gisela Casimiro. Neste momento encontra-se em Almada na Casa da Cerca com uma intervenção de Alexandre Estrela. Na terceira edição desta itinerância, o Armário vai ser decomposto e refeito pela artista Inês Brites.  Antes de regressar a casa, em junho de 2023 com uma obra de Luisa Cunha, o Armário passará pelas Caldas da Rainha com Von Calhau e Évora com Belén Uriel.

Este projeto tem o apoio da Dgartes, Ministério da Cultura.

 

Contactos

Benedita Pestana 

tel:+351919433058

o.armario.128@gmail.com

http://www.o-armario.a-montra.com/ 

// O Armário //

Calçada da Estrela, 128 - anexo A

1200-666 Lisboa

 

Texto Curatorial: 

Inês Brites irá produzir uma escultura, Com Licença, que irá ocupar, praticamente, toda a parte de dentro do Armário, em forma de pirâmide, como se fosse um enorme Origami. A peça será feita em tecidos dobrados de cera e algodão.

 

BIOS: 

 

Artista 

Inês Brites (Coimbra, 1992). Vive e trabalha em Lisboa. Inês fez a Licenciatura em Pintura na Faculdade de Belas-Artes de Lisboa e estudou no KASK: Conservatorium & School of Arts em Ghent, Bélgica. Desde 2015, participa em vários projectos e exposicões, destacando a sua primeira exposicão individual, intitulada Há Mais Água a Entrar no Solo na Galeria 3+1 Arte Contemporânea (2021). Das exposições colectivas destaca: No Past, No Future: The Present is Looped com curadoria de Victor Pinto da Fonseca, na Plataforma Revólver, Lisboa (2021); Um Corpo, Um Rio com curadoria de David Revés, na Galeria Liminare, Lisboa (2021); Dear Image Part II (2020) na 3+1 Arte Contemporânea; White Safari Tent — com Aled Simons, na G39 em Cardi ff , UK (2020), Se o Fio Partir, Veremos o Corpo Seguir em Linha Recta — com Tânia Geiroto Marcelino, no Ciclo de Amizades — projecto de parcerias no seu próprio atelier (2020); O Stand 1.1 — com Sara Mealha, n’O Stand Project (2020), Reality Check, no Las Palmas Project (2019), Feeling Blue, com curadoria de Carolina Quintela, no Espaço Real (2019); Aguadilha — com Lea Managil, no Ciclo de Amizades (2019); Estrela Decadente #49, curadoria de Ana Cachola e Xavier Almeida, no Desterro (2019); Pausa, curadoria de Pedro Batista, no Esqina Cosmopolitan Lodge (2019); Tu Não Viste Nada, curadoria de Tiago Baptista, no Duplex AIR (2019); Mellifluous Elephant, curadoria de Francisca Aires Mateus, na Casa da Dona Laura (2019); I Will Take The Risk, curadoria de Carolina Forjaz Trigueiros, no Espaço Azan / Tomaz Hipólito Studio (2019); The Dog is Very Confused, curadoria de Kasia Sobczak, na Galeria FOCO (2018). Publicou no Diálogos 11 da Umbigo nº76 (Abril 2021), com texto de José Pardal Pina; na Destroy Youth intitulado Wanted Love, Connection Failed (Maio 2020); na Revista Dose, nº2 (Março 2019); no Portuguese Emerging Art Catalogue (Maio 2017) e (Setembro 2018). Integrou ainda, o projecto Bioluminescência, de Filipa Matta (2019), para A Peça que Faltava, emitido na RTP2. Uma adaptação do projecto-performance foi apresentado ao vivo no ciclo Segundas Na Z, da Galeria Zé dos Bois, no início de 2020. A sua obra integra a colecção António Cachola, a Colecção Norlinda e José Lima, bem como outras colecções privadas em Portugal.


Curadoria

Benedita Pestana, vive e trabalha em Lisboa. Licenciada em História da Arte, FCSH-UNL. Tem uma Pós-graduação em Cultura Contemporânea e Novas Tecnologias pela FCSH-UNL. Em 2021 fez a curadoria da exposição ‘ A linha está ocupada ….’ no CITA em Arraiolos, que reuniu obras de Ana Jotta, Alexandre Camarão, Mumtazz, Pedro Barateiro e Tomás Cunha Ferreira, no  âmbito do Forum Ponto - Textile Art in Perspective. Em 2020 colaborou com a OSSO - Associação cultural, para o projecto EIRA que foi pensado como uma plataforma Rádio para residências artísticas. Plataforma que pode ser acedida em FM 101.0 MHz, ou na NET, em www.osso.pt. Em 2019 fez parte da Comissão Organizadora, da Conferência Internacional ‘Campos de colaboração nas práticas artísticas contemporâneas’ que decorreu na Culturgest (Lisboa).

Neste momento, encontra-se a desenvolver o projecto O Armário, criado em 2014, inicialmente mais centrado no campo das artes visuais. Entre 2014-15, integraram artistas como: António Olaio, Rui Horta Pereira, Thierry Simões, Carlos Correia, Pedro Vaz, Armanda Duarte, entre outros. No ciclo de 2016, e já num novo formato, em que se pretendeu cruzar a Performance com as artes visuais, convidou a participar: Gustavo Sumpta, Catarina Leitão, Felipe Arturo, António Poppe, Susana Mendes da Silva, Tomás Cunha Ferreira, Vânia Rovisco e André Alves. O ciclo de 2016, o projecto contou com o apoio da Fundação Calouste Gulbenkian. Entre 2013-2015 desenvolve o projecto A Montra, em que diferentes artistas foram convidados a intervir na montra de uma loja devoluta no centro de Lisboa, do qual resultou a publicação de um catálogo. Na edição de 2013-14, participaram, entre outros: Catarina Botelho, Miguel Palma, Armanda Duarte, Raquel Melgue, Carla Filipe, António Bolota, Tiago Baptista, Ricardo Jacinto. Em 2014-15 integraram, entre outros: Projecto Raum, Jorge Martins, Luís Paulo Costa, Susana Gaudêncio, Sérgio Carronha, Pedro Barateiro, Vasco Futscher. Em 2009 e 2010, organiza a iniciativa Cinco Estrelas, cuja primeira edição contou com a participação dos artistas: Cecília Costa, Daniel Barroca, Luisa Cunha, Teresa Figueira e Romeu Gonçalves. Na segunda edição, participaram: António Poppe, Cristina Lamas, Cristina Robalo, Dora Nogueira e Rui Vasconcelos. Em 2000 promove e coordena o livro a “Linha do Oeste”, editado pela Assírio e Alvim e da Câmara Municipal de Óbidos, reunindo cerca de vinte textos científicos e artísticos de nomes como: João Miguel Fernandes Jorge, Vítor Serrão ou Manuel Salgado. A partir de 1996 trabalhou na ArteIlimitada onde assumiu funções na Direcção.

Ficha Técnica

Programação e Gestão: Mariana Vitale
Produção: Mariana Vitale e Simão Martinez

Gestão de Conteúdos Digitais e Comunicação: Luís Masquete, Mariana Vitale

Assessoria de Imprensa: Luís Masquete

Apoio à montagem: Alexandre Simões

Limpeza: Manuela Pinto

Organização e Direção Artística: Saco Azul & Maus Hábitos


Press

Saco Azul, Maus Hábitos,
Rua Passos Manuel 178

4º andar

4000-382 Porto


Produção & Programação Artística

marianavitale@maushabitos.com

danielpires@maushabitos.com

Assessoria de Imprensa

imprensa@maushabitos.com


22.09.22 - Com licença

powered by

22.09.22 - Com licença
22.09.22 - Com licença
Website developed by BondHabits